Igreja de N. Sr.ª das Graças Igrejas e Capelas


Igreja de N. Sr.ª das Graças

Destinando-se o acolher as filhas e netos dos cidadãos de Bragança, a construção deste convento foi iniciada em 1569 e só em 1598 foi ocupado pelas freiras. Na guerra da Restauração, obras militares de defesa prejudicaram algumas das dependências conventuais, o que motivou indemnização régia. Com a extinção das ordens religiosas, passa para a propriedade do Estado. Após muitas vicissitudes (em 1877 esteve para se construir no espaço da cerca do convento a nova Sé Catedral), dá-se a destruição do que restava do edifício para utilizar os materiais na construção de um mercado - em parte da cerca - que não chegou a ser concretizada (por oposição do povo, em 1886). Na igreja conventual, o portal renascentista data de 1597. O teto da nave, é pintado e aproxima-se das cenografias da igreja de Sta. Maria.
Na capela-mor, com teto de berço apainelado, pode ver-se um excelente retábulo (provavelmente dos inícios de setecentos). O arco triunfal é revestido de talha de boa lavra. Venera-se a N. Sr.ª das Graças, padroeira da cidade.

Fonte: Câmara Municipal de Bragança 

Morada: R. Emídio Navarro, 9 5300 Bragança

Coordenadas: -6.755171 | 41.806586

Galeria

Obter Direções